Otimizações iOS 8+ e fim do suporte aos iOS 5, 6 e 7

iOS 8

Somos um dos poucos aplicativos do mercado que ainda suporta iOS 5, lançado originalmente em 2011. O principal motivo para manter um sistema tão antigo sempre foi pelo suporte ao iPad 1, lançado em 2010, que suporta só até o iOS 5.

O suporte a 4 anos de versões traz uma complexidade e cuidados extras. Em 2015 será lançado o iOS 9, que resultará em 5 anos de atualizações. Hoje nosso produto é testado e validado em todos esses sistemas iOS abrangendo todos os aparelhos já lançados.

Por determinação da Apple em Dezembro (aqui), a partir de Junho de 2015 todos os aplicativos devem conter suporte a aparelhos 64 bits (iPhone 5s ou superior, iPad Air ou superior) para novas atualizações enviadas. De forma indireta, isso também significa que apenas sistemas iOS 7 ou superior serão mais suportados.

Agora em Fevereiroframework, aplicativo e todos os derivados foram atualizados com a última versão suportando iOS 5 ou superior. As próximas versões suportarão apenas iOS 8 ou superior.

Todos iPads já lançados desde o iPad 2 (2011) suportam o iOS 8. Aparelhos com versão anterior (apenas o iPad 1) podem instalar os aplicativos, mas baixarão a última versão suportando iOS 5 ou superior e não receberão mais atualizações.

Portanto, embora o antigo iPad 1 seja suportado até a versão de Fevereiro/2015, nós recomendamos que sejam utilizados aparelhos iPad 2 ou superior, suportando iOS 8 ou superior.

O foco em iOS 8 nos permitirá focar em diversos melhoramentos e recursos extras, otimizando para aparelhos modernos e reduzindo o tempo de homologação para liberação de novas versões, agora testando apenas no iOS 8 com iPad 2 e versões novas e futuras.

Focar o suporte em iOS 8 e iPad 2 (2011) ou superior nos libertará para diversos melhoramentos previstos para os próximos meses de 2015, tais como:

  1.  Melhor integração com o sistema (iOS) no iPad e iPhone permitindo recursos modernos como “troca de arquivos” entre aplicativos, sincronização em segundo plano, novos tipos de notificações, entre outros.
  2. Suporte otimizado a novos hardwares de aparelhos modernos (como o iPad Air e iPhone 6 e Plus), viabilizando maior velocidade para esses aparelhos e até o uso de novos sensores como o de autenticação biométrica (Touch ID).
  3. Maior velocidade em atualizações através de uma homologação mais simples que não dependa de 5 anos de sistemas (iOS 5 ao atual e novos em testes), e ainda assim suportando todos aparelhos do iPad 2 (2011) em diante.